Dicas de Como Fotografar Depois que o Sol se Põe (3 Super Técnicas)

técnicas para tirar fotos no por do sol

O mundo da fotografia digital continua a me surpreender.

Tantas novas portas se abriram e muitos mais aguardam o fotógrafo com criativo.

Uma das fotografias que cada vez mais me surpreende é aquela feita depois que o sol se põe.

E cada vez me vejo tomando mais do meu tempo neste tipo de fotografia.

Aqueles que são pacientes podem ser justamente recompensados com assuntos magicamente iluminados que passam despercebidos.

Será que este êxodo dos fotógrafos após o Sol se por na linha do horizonte resquício dos tempos dos filmes analógicos?

Eu não tenho certeza da resposta, mas dar a fotografia ao por do sol uma chance, pode ser muito interessante.

É importantíssimo: As exposições longas exigem o uso de um tripé.

Quanto mais resistente melhor se o vento decidir não cooperar.

Se o vento é constante, um tripé frágil irá revelar suas deficiências na forma de uma imagem suave.

As exposições podem ser de 30 segundos ou mais, por isso não se esqueça de ajustar a câmera para Redução de ruído de longa exposição.

Com a câmara no LENR, o arquivo sofre “um reprocessamento na câmera” reduzindo o efeito do ruído digital.

A desvantagem é que leva tempo para processar a foto – uma exposição inicial de 30 segundos requer 30 segundos de tempo de processamento.

Fotografar Embaçado ou silhueta?

Uma luz de pós por do sol bonita vem de sua reflexão no céu e nas nuvens.

Duas opções aguardam o fotógrafo nesta hora: fazer uma bela silhueta ou aproveitar o motivo iluminado por esta bela luz.

As vezes é possível fazer fotos com as duas opções.

técnicas para tirar fotos no por do solFotografia em silhueta após o por do sol. estas técnicas importantes podem ser aprendidas num curso de fotografia

Fotografe em RAW:

fotografar em RAW oferece a opção de alterar de forma mais eficaz o equilíbrio de cores.

Ele também permite ajustes da exposição posteriores, principalmente se a obtenção de uma exposição adequada for complicada.

Mais detalhes podem ser recuperados da fotografia a partir de um arquivo RAW do que de um jpg.

Use o polarizador:

O polarizador funciona tão bem ao por do sol quanto durante o meio do dia, só é necessário que ele esteja a 90 graus com o fotógrafo e a câmera.

Ele não terá nenhum efeito se você está optar por um assunto em silhueta a 180 graus a partir do sol.

ISO baixo:

Embora possa parecer lógico subir o ISO porque está escuro, isso pode não ser bom.

Mantenha a câmera em um ISO baixo e deixe o obturador ficar aberto por longos períodos de tempo.

Quanto menor for o ISO, menor o ruído.

Você pode até mesmo acabar com um bônus de efeito especial de nuvens ou esfumaçado do fluir da água em movimento.

Monitore seu histograma após cada exposição e ajuste a exposição de acordo.

Os destaques não devem ser um problema, mas tenha cuidado para não bloquear as sombras.

Ficou com dúvidas sobre o que é ISO, exposição, Raw?

Faça o melhor curso de fotografia para aprender técnicas de fotos ao por do sol.

E não se esqueçam luz da madrugada e do amanhecer, os mesmos princípios se aplicam.

Recomendados para você: