Coisas Bizarras e Curiosas no Brasil e no Mundo [muito estranho]

coisas bizarras pelo mundo estranho

Existem coisas por todos os lados, em alguns momentos elas chegam a confundir a realidade e o sonho.

As bizarrices estão espalhadas por todos os cantos do mundo, seja em forma de atitudes, causos ou até em nome de grupo sertanejo.

Atualmente, com a moda do sertanejo universitário, não é tão comum encontrar um grupo sertanejo com um nome estranho, no entanto, é impossível não comparar com os antigos nomes.

É válido lembrar desse período em que coisas curiosas surgiram na música nacional.

Eram comuns nomes como:

Atleta e Treinador, Bátima e Robson, Conde e Drácula, Punho de Aço e Claudemar, Rocky e Santeiro. Outros grupos faziam homenagens a cidades e Estados, tais Belo e Horizonte, Canadá e Continensse, Oceano e Porto Rico.

Tinha aqueles que falavam sobre estados de espírito, tais como: Astral e Radiante, Cativante e Continente, Leal e Legal.

Coisas estranhas acontecem fora do Brasil também

Na Tailândia, um homem de 64 anos, conhecido como Hai Ngoc, afirmou não dormir desde 1973, quando contraiu uma alta febre.

Já no Japão, um militar passou 28 anos escondidos depois da segunda Guerra Mundial. Desde 1988, quando seus documentos foram roubados, Mehran mora em um Aeroporto francês.

Essa história inspirou o filme “O Terminal”, estrelado por Tom Hanks, Catherine Zeta-Jones e dirigido por Steven Spielberg.

Assim como no dia a dia, a religião também tem de suas bizarrices, Matayoshi Mitsuo é um político japonês exótico convicto de que é Jesus Cristo.

Ele afirma que vai fazer o Último Julgamento como Cristo, mas dentro do sistema político atual e sua legitimidade.

Mitsuo disse que seu primeiro passo como “O Salvador” será se nomear como o primeiro-ministro do Japão a fim de reformar a sociedade japonesa.

Tudo isso para ser congratulado pelas Nações Unidas com o cargo de Secretário Geral.

No universo da culinária, um cientista japonês fotografou e avaliou toda comida que consumiu durante mais de três décadas a fim de viver até os 140 anos de idade.

Ainda no ramo gastronômico, o artista Michel Lotito é conhecido por comer qualquer coisa, metal, vidro, borracha e artigos como bicicletas e televisores estão no cardápio culinário de Lotito.

Todos os dias, independente de funções, pessoas estão produzindo conteúdos para alimentar este universo de coisas bizarras.

O bizarro e o extraordinário é mais comum do que se imagina, basta uma pequena procura na web para comprovar.

E aí, o que você já viu de bizarro por aí.

Compartilhe nos comentários as coisas mais estranhas que você já viu na vida.

 

Recomendados para você: