Dicas para quem vai viajar para a Europa

Banner 728x90

Viagem pela Europa - Arco do TriunfoVai viajar para a Europa e quer ter uma viagem melhor, mais divertida, mais barata e principalmente prazerosa?

E quem não quer deve você ter respondido.

Então confira estas super dicas para quem vai viajar para a Europa.

Veja também este curso de como organizar a sua viagem e trona-la ainda melhor.

Exelentes dicas de viagem

Comece definindo o orçamento e o tempo disponível para realizar a sua viagem. A definição prévia do orçamento é fundamental para dar início ao seu plano.

Defina um valor médio para o seu custo diário com acomodação, transporte, alimentação e entretenimento.

Na hora de escolher a sua acomodação, lembre-se que às vezes é melhor pagar um pouco mais caro por um hotel bem localizado, do que gastar tempo e dinheiro com deslocamento.

Viajar cansa e quando estamos muito cansados não aproveitamos como poderíamos. É normal querermos visitar muitos lugares e fazer muitas coisas, mas às vezes é melhor fazer menos e aproveitar mais.

Para sentir o clima de um lugar é importante relaxar, sentar em um bar local, observar e interagir com as pessoas. Portanto, tente reservar no mínimo três dias inteiros para visitar grandes cidades e dois para cidades menores.

Procure não fazer apenas coisas que turistas fazem. Caminhe por bairros locais, vá ao supermercado, à farmácia; saia sem rumo e puxe assunto com estranhos. É quando interagimos que conhecemos e nos integramos à cultura de um povo. E essa interação pode representar muito mais na vida de uma pessoa do que aquela visita a um ponto turístico, que após um ano, nem se lembrará mais.

Definidos o tempo e o orçamento, chegou a hora de tomar decisões. Para auxiliá-lo e orientá-lo, compilei várias dicas e informações importantes e espero contribuir com o sucesso de sua viagem.

Confira as dicas, veja o vídeo e boa viagem:

 

Seguro de viagem para a Europa

O seguro de viagem, apesar de ser exigido em lei, na prática, não costuma ser solicitado pelas autoridades responsáveis. Eu viajei muito e nunca me pediram. Porém, para aqueles que não gostam de correr riscos, o melhor é adquirir o seguro.

seguro viagem europaMuitos não sabem, mas os brasileiros segurados pelo INSS podem obter o seguro gratuitamente para viajar para alguns destinos. O Brasil tem acordos bilaterais de Previdência Social com diversos países do mundo, incluindo alguns países do espaço Schengen, como a Alemanha, Espanha, Grécia, Itália, Portugal, e Luxemburgo. Através desse acordo, brasileiros segurados pelo regime de previdência social e seus dependentes, poderão usufruir do seguro de viagem internacional do INSS.

Esse seguro substitui a necessidade de um seguro internacional privado. O espaço Schengen é constituído por diversos países da Europa, e uma vez que alguém passa pelo controle migratório de algum desses países, pode transitar livremente dentro do espaço Schengen, até que deixe o território. Saiba como solicitar seu seguro de viagem internacional do INSS, clicando aqui
Outra dica é verificar com o seu banco. Muitos bancos oferecem o seguro gratuitamente quando a passagem é comprada com o cartão do banco. Informe-se.

Imagem 4

Em busca de roteiros econômicos

Quem for viajar por diferentes países dentro da Europa, deve saber que o custo diário pode variar muito de um país para outro. De um modo geral, viajar no leste europeu é mais barato que viajar no oeste. Hungria, Polônia, República Tcheca e Eslováquia são países lindos e interessantes, onde é possível viajar com um orçamento bem mais enxuto e ainda assim aproveitar muito.

No oeste europeu o destino mais econômico atualmente é Portugal. Para se ter uma ideia da diferença de preços, em Portugal o custo de um litro de vinho em um bar ou restaurante, é o mesmo que o custo de uma taça, em outros países. É realmente barato, além de charmoso, lindo e cheio de história.
Espanha, Alemanha, Itália, Malta e França têm um custo intermediário. Reino Unido, Suíça, Amsterdam e Irlanda, de intermediário a alto. Os mais caros são os países escandinavos. A passagem de avião para lá, pode ser barata, mas não se compra nada com menos de 10 reais. Quem pretende visitar algum desses países deve preparar o bolso.

Passagem aérea

Quem voa do Brasil para a Europa, deve pesquisar e comprar as passagens com antecedência mínima de três meses, para garantir preços mais econômicos. Use buscadores, como o Skyscanner para encontrar e comparar as melhores tarifas. Faça pesquisas durante a madrugada, muitas promoções acontecem nesse horário. As companhias aéreas que normalmente oferecem preços mais atraentes são a KLM, a TAP e a Ibéria. Já voei nas três e em minha opinião, a primeira oferece ótimo serviço, porém, algumas aeronaves tem um espaço muito pequeno entre os bancos e, dependendo do seu tamanho, pode não ser confortável. A TAP e a Ibéria costumam ser um pouco mais espaçosas, porém o serviço nem sempre tem a mesma qualidade, vai depender da sorte.

Viajando pela Europa

Para viajar dentro da Europa as companhias “low cost” oferecem o melhor custo benefício para turistas. As passagens podem ser muito baratas, principalmente quando compradas antecipadamente. Na Europa, as principais companhias aéreas são a Ryanair, Aer Lingus, Easy Jet e Norwegian. Cada uma delas oferece rotas distintas, mas com certeza uma delas fará a rota que você está procurando.
Porém, o maior problema dessas companhias é a restrição de bagagens. É possível viajar com uma mala de mão, pesando até 10 quilos, dentro das medidas estabelecidas pela companhia, sem custo extra. Na Ryanair, por exemplo, o tamanho máximo é de 55 cm x 40 cm x 20 cm. Quem viaja com uma mala maior está sujeito ao pagamento de multa na hora do embarque, no valor de 40 euros. Então, antes de viajar, certifique-se de que sua bagagem de mão atende os requisitos da companhia aérea. Também, lembre-se de levar shampoo, cremes, perfumes e qualquer líquido em embalagens que não ultrapassem 100 ml, para não ter que deixá-los no controle do aeroporto. Se não tiver embalagem, deixe para comprar os produtos em algum free shop, antes de embarcar.
Para quem pretende levar bagagem extra, é possível levar até duas malas, não ultrapassando 20 quilos no total ou uma mala de até 20 quilos. Pague pela bagagem extra ao comprar a passagem ou fazer o check-in online. Se deixar para fazer isso no aeroporto irá pagar mais caro. Evite o excesso de bagagem ao viajar com essas companhias, pois diferente das outras companhias que cobram por mala extra, as companhias low cost cobram por quilo extra.

Viajar de trem na Europa

Viajar de trem na Europa é uma experiência muito agradável. Para quem pretende viajar muito, vale a pena comprar o passe de trem. Existem diversos tipos e valores de passes. É possível escolher por período de validade e pelos países abrangidos. O passe permite viagens ilimitadas dentro da região e do período de validade escolhido. Excelente para quem vai viajar bastante e para quem tem muitas bagagens, pois não há restrição de bagagem.
Quem vai fazer poucas viagens de trem, deve comprar o tíquete individual. Compre sempre pelos sites com antecedência, para garantir melhores preços e chegue cedo à estação para garantir um assento. Quem chega tarde, muitas vezes tem que viajar em pé, o que não é nada agradável.
Para saber mais sobre passes e tickets, consulte: Raileurope, Eurail,International Rail.

Viajar de ônibus na Europa

Viajar de ônibus pode ser uma excelente opção para quem vai viajar entre países próximos. É econômico e confortável, apenas requer um pouco mais de tempo de viagem. Sempre compre sua passagem antecipadamente, pois nem sempre terão assentos disponíveis na hora. Para saber mais sobre rotas e tarifas, consulte Eurolines e Bus Europe.

Acomodação

Aos que viajam sozinhos, a melhor opção é se hospedar em um hostel. Quem se hospeda em um hostel, nunca fica sozinho e com certeza conhecerá muitas pessoas legais. A maioria dos hostels oferece preços bem acessíveis, café da manhã, bar e área de lazer. Também é possível optar entre quartos individuais ou compartilhados. A opção mais barata e divertida é o compartilhado, mas se você tem o sono leve, não se esqueça de levar o tapa olhos e o tapa ouvidos.
Antes de escolher a acomodação, leia as avaliações de outros clientes e verifique a localização. Escolha os locais mais próximos ao centro da cidade e certifique-se de que existe uma estação de metro por perto. Para encontrar a sua acomodação, utilize o site de buscas trivago, um excelente buscador onde é possível pesquisar e comparar preços de outros buscadores, encontrando sempre a melhor tarifa. A consulta é rápida e permite a utilização de filtros por faixa de valor, distância do centro da cidade e avaliação de clientes. Uma ótima ferramenta para encontrar o lugar ideal, dentro do seu orçamento.

Câmbio

Quase todas as pessoas que vão viajar compram a moeda antes de viajar. Porém, a moeda de um determinado país sempre valerá mais dentro daquele país. Consulte as cotações no Brasil e no exterior e consulte também com o seu banco o valor da cotação e do imposto a ser pago, caso você venha a usar o seu cartão de crédito internacional. Faça as contas e veja o que vale mais a pena. Para fins de imigração, nunca precisei apresentar dinheiro vivo nem comprovar que tinha recursos financeiros. Mas em todo o caso, leve um extrato bancário atualizado e um cartão de crédito internacional e com certeza não terá problema.
Caso tenha optado por comprar a moeda ao entrar no país, evite comprar no aeroporto, pois é onde se cobram as mais altas taxas. Procure por casas de câmbio localizadas no centro da cidade, pois são as que oferecem as melhores taxas.

Aeroportos

Antes de comprar seu voo, pesquise no Google a localização do aeroporto, os meios de transportes disponíveis para o centro da cidade e o custo do transporte. Em muitos casos, os aeroportos que operam os voos mais baratos, são em cidades distantes e será preciso pegar um ônibus, trem ou metro para chegar ao seu destino. Isso custa tempo e dinheiro. Então, verifique os serviços de transporte disponíveis, horários, custo e escolha o que mais se adapta a sua necessidade. Se tiver que pegar um transfer, compre com antecedência pela internet. Caso tenha esquecido, pergunte ao comissário de bordo do seu voo se é possível comprar tickets a bordo. A Ryanair vende e é sempre mais barato do que no aeroporto.

Imigração

Os turistas brasileiros podem viajar livremente pelo território europeu, mas devem estar preparados para responder algumas perguntas na imigração na hora de sua chegada. As perguntas mais frequentes são: o motivo de sua estada, o tempo que pretende permanecer no país e o local em que irá se hospedar. Portanto, se você não fala inglês, peça para alguém preparar uma carta com essas informações e apresente a mesma para a imigração. Leve também impresso, uma cópia de sua reserva do hotel e da passagem de volta. Se for visitar alguém, peça para seu anfitrião escrever uma carta, informando que irá recebê-lo em sua casa. Na maioria dos casos não é necessário apresentar nenhum documento, porém é melhor estar prevenido.

Fonte: http://www.artigonal.com/dicas-de-viagem-artigos/excelentes-dicas-de-viagem-6910433.html

Espero que tenha gostado destas dicas para quem vai viajar para a Europa e que elas lhe ajudem a tornar a sua próxima viagem a melhor de todas. Não esquece de mandar a fotos depois, ok?

Até o próximo artigo e muita boa viagem para você.

Recomendados para você:

468 x 60 IMU Full Banner

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *